Rede

Tamanha persistência e teimosia um dia há de valer a pena. Tanto remendo que parece a roupa do Chaves. Tanto ponto sem nó que parece um crochê desfiado. Filmes repetidos, mesmos erros cometidos, e o fim não poderia ser diferente.

Arrependimentos que fortificam a sensação de impotência. As claras, tudo fica mais fácil de entender e digerir. Acreditar nas pessoas não deveria ser um erro, tampouco um defeito. Foi um tombo atrás do outro, um erro atrás do outro, e o buraco ficou mais fundo. Mal imaginaria que no meio do bosque havia uma armadilha.

Engolir o choro, assumir os erros e sair de lá. A vista fica cada vez mais restrita, mas olhar pra cima trás a luz. Sonhos que se boicotam são vidas que se perdem. No meio de tanta mudança, como mudar?

Só.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s